Blog - Ideias do seu jeito
A iluminação da cozinha: dicas para aproveitar melhor o ambiente
26 Abr

A iluminação da cozinha: dicas para aproveitar melhor o ambiente

Grande parte do tempo em que passamos dentro de casa é gasto na cozinha, não é mesmo? O cômodo preferido de muitos e o que mais reúne a família é parte essencial no dia a dia, afinal, lá estão armazenados itens vitais para a sobrevivência e todas as delícias que adoramos comer!

Com tanta importância em uma casa, a cozinha não pode ser feita sem planejamento. Todos os fatores que compõem este espaço precisam ser pensados com muita atenção para que atenda as necessidades e passe os sentimentos que se espera em um lar.

A partir da escolha dos móveis e do fluxo, o segundo ponto a ser desenvolvido neste cômodo é a iluminação, afinal, um espaço de várias etapas precisa de uma luz adequada para cada momento.

Por isso, confira nossas dicas para projetar a iluminação da sua cozinha!

Um erro comum na iluminação 

Um erro que muitos cometem é reservar apenas uma luz central para o local, acreditando que ela entregará o necessário para tudo que se faz na cozinha.

O problema disso está na situação de que algumas tarefas serão encobertas por móveis ou até seu corpo, gerando uma perigosa sombra na área de trabalho que, em um momento de desatenção, pode contribuir para acidentes domésticos.

Uma ótima opção para iluminação da cozinha 

Para atingir todos os locais e não deixar nenhum ponto sem a luz necessária para alguma atividade, nada melhor do que os spots de led! 

Eles são potentes, pequenos e consomem muito menos energia, podendo ser utilizados conforme a sua necessidade pedir e a criatividade permitir. No entanto, a melhor indicação é inseri-los principalmente no local de preparação dos alimentos, onde tudo precisa ser visto com clareza. Podem ser usados embutidos ao teto ou anexados ao móvel.  

Veja esse exemplo da Cozinha Connect Henn:  

Iluminação da cozinha connect henn

Um toque especial no ambiente 

O local de consumo dos alimentos, normalmente, é onde se deseja as melhores sensações, por isso, a iluminação deve ser especial!

Para compor este ambiente com charme, personalidade e aconchego, as melhores opções são as luminárias pendentes, que trazem luz direta na potência e cor ao gosto dos proprietários, bem como dão um toque muito sofisticado à cozinha como um todo.

Mas atenção, estes modelos devem estar ao menos 1 metro acima do tampo e compondo uma sintonia com o resto da cozinha. Evite uma luz difusa acima ou muito próxima deles, cores muito fortes e tamanhos exagerados.

Inspiração super bacana da Cozinha Belize Henn

Iluminação cozinha belize henn

Dica para inovar 

Uma opção um pouco diferente, mas que entrega uma sensação única, é projetar uma iluminação indireta ao invés de trabalhar com a luz principal no centro do cômodo.

Com vários spots de luz escondidos no topo dos móveis e voltados para as paredes, acontece o efeito de rebatimento e a iluminação toma conta do local sem mostrar de onde vem.

Este método transmite ares minimalistas e futuristas, que podem transformar sua cozinha em um lugar único. Entretanto, como o foco desta iluminação é o poder decorativo, junto com ela é extremamente necessário trabalhar com os pontos direcionais conforme citamos anteriormente.

Pendentes são uma ótima aposta na iluminação 

Se você está sentindo que falta um toque a mais de decoração da sua cozinha, os pendentes podem ser a solução.  

Na iluminação da cozinha os pendentes podem ser instalados sobre as bancadas que integram ambientes, por exemplo, ou em cantos estratégicos. Olhe essa outra inspiração da Cozinha Belize Henn.

Iluminação de pendentes da cozinha belize

Luz Quente ou Luz Fria 

Por fim, mas não menos importante, a luz quente ou a luz fria é a melhor para iluminação da cozinha? Ambas podem ser usadas nesse ambiente, o que vai determinar a escolha é a sua rotina pessoal. 

Veja só, a luz fria proporciona mais contraste com o ambiente, você vai conseguir enxergar melhor os itens da cozinha. 

Já a luz quente remete a um local mais aconchegante, é aconselhável para quem tem uma rotina de refeições rápidas, que não não cozinha com frequência, sabe? Pois o ambiente fica com uma iluminação menos nítida. 

Então, qual desses dois estilos de luzes combina mais com o seu dia a dia? 

Agora que você chegou ao final deste artigo e reuniu muitas ideias, é hora de pensar em como colocar em prática! Lembre-se de não carregar demais o ambiente e converse com um profissional! 

Compartilhe
com seus amigos

Deixe seu comentário

Selecione o assunto de
seu interesse!